PROJETO HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL 2016-2017: FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM TETE, MOÇAMBIQUE

grupo costura

O VIVEIRO é uma instituição sedeada em Chitima, na província de Tete, Moçambique, que tem como objetivo apoiar e formar jovens órfãs e/ou em situação de grave pobreza, a fim de as tornar profissional e economicamente independentes.

Constituído em 2008, O VIVEIRO conta com um espaço de 5 he, com casas de acolhimento permanente, salas de estudo, e equipamentos destinados à formação profissional. Atualmente, vivem nO VIVEIRO 20 raparigas, com idades entre os 10 e os 18 anos, que frequentam as escolas das proximidades, e que na instituição recebem, para além de alojamento e alimentação, apoio no estudo e formação profissional numa atividade à sua escolha, que poderá vir a ser a sua profissão: costura, tapeçaria, desenho e serigrafia, artesanato (carpintaria, cestaria, acessórios de moda), culinária, agricultura e pecuária.

Destes ateliês de formação profissional, estão a sair os primeiros produtos comerciais, dando início ao processo de transformação de O VIVEIRO, de uma instituição subsidiada, numa instituição capaz de gerar proventos próprios e, futuramente, de se autofinanciar.

Desta formação estão a sair também as primeiras formadoras juniores, raparigas que, contando com o apoio de um formador sénior, podem começar a transmitir o que aprenderam aos jovens das aldeias das redondezas, capacitando-os profissionalmente e ajudando o quebrar o ciclo da miséria e do abandono.

O objectivo é a constituição de quatro ateliês de formação profissional de costura, serigrafia, artesanato e culinária.

Ver mais pormenores em PROJECTOS EM CURSO

grupo cozinha

Anúncios