cozinha solidária harambee: o começo de uma tradição

O passado dia 7 de maio começou a cimentar aquilo que promete transformar-se numa tradição de HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL: A Cozinha Solidária.

Cozinha Solidária 20161

Foram dez as participantes que, desafiando o mau tempo, se reuniram na Marina de Cascais, na COOKING MEMORIES da Chef Mónica Pereira, com o objetivo de juntar uma tarde bem passada à aprendizagem de novas técnicas e sabores, e à solidariedade com o projeto moçambicano de O VIVEIRO.

Cozinha Solidária 20162

Vencedora do Chef’s Academy 2014, Mónica Pereira – filha de moçambicanos, como salientou – quis juntar-se generosamente a este movimento de solidariedade com África, oferecendo uma aula de culinária no seu espaço, para a qual foi buscar memórias de gostos, sabores e cheiros da infância e da adolescência, combinando-as com a inovação, que é uma marca do seu estilo de cozinha.

Cozinha Solidária 20163

Cozinha Solidária 20164

As participantes neste encontro tiveram a oportunidade de «meter as mãos na massa», confecionando um delicioso frango com especiarias no forno, acompanhado por um surpreendente arroz de coco, e a seguir espetadas de camarão grande e ananás com molho de iogurte grego, ótimas para servir uma entrada aos amigos.

Cozinha Solidária 20166

No final, houve degustação dos produtos, com a promessa de envio das receitas para se fazerem em casa.

Com o produto desta atividade, HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL vai poder financiar um ordenado mensal a um formador sénior e um ordenado mensal a um formador júnior no novo projeto de O VIVEIRO. Valeu a pena!

Anúncios