CONHEÇA ALGUNS PARTICIPANTES NO PROJETO DIGNITIY MOÇAMBIQUE

«Este projeto em que estou envolvida sabe me dar valor»: foi o comentário da Lúcia Hélder José Modesto, uma rapariga de 18 anos, natural de Tete, que frequenta o 11.º ano e que está  a participar no Projeto Artesanato.

A vida da Lucinha não foi fácil.
Tendo ficado órfã de mãe em pequenina, o pai não quis levá-la consigo.
Lúcia cresceu com os avós, e passou muitas privações e sofrimentos em consequência da pobreza.
Em 2011, foi acolhida no Centro O Viveiro, em Chitima (Tete), onde recebeu uma formaçao geral. Ao sair do Centro, tornou-se membro da Associação Dignity Moçambique, como sócia jovem.
A sua maior ambição era ter «uma vida normal», como ela própria gosta de dizer.
Dotada de enorme criatividade, a Lucinha gosta muito de trabalhar. A par da sua participação no ateliê de costura do PROJETO DIGNITY MOÇAMBIQUE, começou também a produzir sandálias e outros objetos, que comercializa de maneira informal.
O seu grande sonho é abrir um ateliê de costura e artesanato em Tete.

 

 

Ajude-nos a realizar o sonho da Lucinha!

Anúncios