CONHEÇA MAIS UMA PARTICIPANTE NO PROJETO DIGNITY MOÇAMBIQUE

Adélia Lucas Calulu perdeu os pais e duas irmãs quando era criança, e foi educada pela avó, que já está com muita idade e doente.

Adélia tem 18 anos e frequenta a 12.ª classe na escola secundária de Chitima. Em breve terá de encontrar um modo de vida, e é para isso que o Projeto Dignity Moçambique pretende contribuir.

Adélia é formadora junior do ateliê de costura, cujo formador principal é o Sr. Remígio Chapassuca, alfaiate, e comenta que «os formandos estão bem dispostos e têm muita vontade de aprender».

 

Neste ateliê, os alunos utilizam os coloridos tecidos locais (chamados capulanas) para produzir chapéus, aventais, pegas de panela, bolsinhas, saquinhos para por roupa. São produtos que têm venda local, e que também estão a ser exportados para a Europa, com um posto de venda em Itália e disponibilização informal em Portugal.

 

 

Os formandos também estão a aprender a produzir os uniformes para os alunos das escolas de Chitima e Tete, ficando assim abertos a uma parceria com potencial económico.

 

 

 

Ajude-nos a ajudar o Projeto Dignity Moçambique!

Anúncios