República Democrática do Congo 2014

Bandeira da República Democrática do Congo
República Democrática do Congo

Três dispensários nas zonas periféricas de Kinshasa

  • Descrição:
    A cidade de Kinshasa conta com 10 milhões de habitantes, a maior parte dos quais vive de uma agricultura de subsistência, com uma alimentação fortemente carente do ponto de vista nutritivo, num país em que 74% da população é malnutrida e 80% vive abaixo do limiar de pobreza. Da frágil situação de saúde geral deriva uma necessidade de serviços de saúde a que o sistema público não consegue fazer frente por falta de recursos, de infra-estruturas e de pessoal adequamente formado. O Centro Hospitalar Monkole procura responder a estas necessidades oferecendo quatro tipos de serviços de medicina geral: maternidade, pediatria, medicina interna e cirurgia; e criou três dispensários (Eliba, Kimbondo e Moluka) em zonas periféricas e de difícil acesso, implementando programas de formação para pessoal médico e paramédico. Além disto, encontra-se em fase se construção uma nova e moderna estrutura hospitalar destinada a ampliar a oferta. Neste contexto, o projeto propõe-se os seguintes objetivos:

1. Reforço das capacidades humanas e técnicas dos dispensários de Eliba, Kimbondo e Moluka

2. Melhoria da formação profissional das enfermeiras através do reforço do Institut Superieur en Sciences Infirmières – ISSI

  • Entidade promotora:
    Centre Congolais de Culture de Formation et Developpement – CECFOR. Em 1991, a Associação Congolesa criou o Centro Hospitalar Monkole, em Kinshasa, na região de Mont-Ngafula.  Atualmente, o hospital atende mais de 80.000 pacientes por ano, 48.000 dos quais são mulheres, 70% das quais vivem em condições de pobreza extrema
  • Beneficiários:Do objetivo nº 1:
    – os 3 dispensários atendem 10.000 crianças por ano (consultas)
    – os 3 dispensários fazem 2.000 consultas pré e pós-natal por ano
    – para além disto, há mais 25.000 pessoas que são assistidas por ano nos 3 dispensáriosDo objetivo nº 2:
    – houve 200 mulheres jovens que se inscreveram na licenciatura em enfermagem
    – houve 75 enfermeiras que se inscreveram nos cursos de aperfeiçoamento em enfermagem
    – os programas de atualização profissional foram frequentados por 800 enfermeiras/docentes
    – houve 150 pessoas que receberam uma bolsa de estudo para se formarem no ISSI
  • Custo:
    A realização do projeto será distribuída por vários anos, com um investimento total de cerca de 500.000 euros
  • Promotor:
    Centre Congolais de Culture de Formation et Developpement – CECFOR

Educação para a saúde e formação de pessoal

  • Descrição

Educação para a saúde e formação de pessoal especializado na luta contra a drepanocytosis

  • Duração
    2003-2004
  • Contributo Harambee
    36.974,00 €
  • Destinatários
    Vários profissionais de saúde e casais jovens


Melhorar os serviços de reabilitação em Sud kivu

  • Descrição
    Melhorar os serviços de reabilitação com assistência médica, formação de formadores, equipamentos
  • Duração
    2003-2004
  • Contributo Harambee
    39.856,00 €
  • Destinatários
    30 jovens com deficiência e 1.500 mutilados de guerra

Criação de um serviço de urgências em Kinshasa

  • Descrição
    Criação de um serviço de urgências em Kinshasa
  • Duração
    Desde 2006
  • Contributo Harambee
    45.000,00 €
  • Destinatários
    600 mães e 1.000 crianças

Criação de 2 centros educativos em Kinshasa

  • Descrição
    Criação de 2 centros educativos em Kinshasa
  • Duração
    1 ano
  • Contributo Harambee
    34.400,00 €
  • Destinatários
    360 alunos e seus pais
Anúncios