8.º Prémio Internacional Harambee Comunicar África 2019

Harambee África International apresenta o 8.º Prémio Internacional Comunicar África, com o objetivo de contribuir para a difusão de uma informação mais real sobre África, de uma imagem que reflita os conflitos, mas também as razões da esperança, a riqueza e a diversidade das culturas e dos povos africanos, o firme compromisso com o desenvolvimento, e simultaneamente as necessidades, que continuam a ser bem reais. Em suma, o objetivo é promover o conhecimento de um continente que é um tesouro para o mundo.

Nova imagem (5)

O Prémio pretende trazer à luz a grandeza das pequenas histórias quotidianas que este continente esconde, incluindo histórias de integração, de convivência pacífica e de diálogo.

Não se trata de apresentar uma visão ingénua ou simplista de África, mas de mostrar que, a par das guerras e das dificuldades, há também esperanças e o trabalho sério de muitos indivíduos e organizações.

Nova imagem (6)

O Prémio contempla duas categorias:

  1. Documentário ou reportagem
  2. Vídeo-clips (para estudantes até aos 25 anos)

O prazo de entrega de candidaturas é 30 de setembro de 2019.

REGULAMENTO

1) Os documentários não poderão ter mais de 60 minutos e os vídeo-clips não poderão ter mais de 5 minutos.

2) O registo da candidatura ao Prémio é feito online, em http://www.harambee-africa.org (https://premio.harambee-africa.org/pt/). Os candidatos devem carregar os vídeos em http://www.youtube.com, e indicar, no formulário de candidatura, o link de acesso aos
mesmos.
No formulário, os candidatos terão de preencher os seus dados pessoais, e juntar
* um certificado atestando a autenticidade da autoria da obra
* uma autorização dos detentores dos correspondentes direitos para a sua exibição durante a cerimónia de entrega do Prémio; os detentores dos direitos serão mencionados na referida cerimónia.

3) As obras concorrentes podem ser apresentadas numa das seguintes línguas: espanhol, francês, inglês, italiano, português. Se forem faladas noutra língua, deverão ser legendadas numa destas línguas.

4) A lista das obras admitidas a competição será oportunamente publicada em http://www.harambeeafrica.org.

5) O júri, composto por elementos de diferentes nacionalidades, poderá decidir não atribuir um ou os dois prémios. As decisões do júri não admitem recurso.

6) A cerimónia de entrega dos prémios terá lugar em Lisboa. O local e a data serão antecipadamente anunciados em http://www.harambeeafrica.org.

7) Pelo facto de se inscreverem neste concurso, os candidatos estão a autorizar os organizadores a usarem os documentários e os vídeo-clips que apresentaram, exclusivamente para fins culturais (isto é, não lucrativos).

8) Só serão considerados autores dos documentários e dos vídeo-clips as pessoas indicadas no formulário de candidatura.

9) Os participantes no concurso comprometem-se a aceitar estas regras.

10) Data limite das candidaturas: 30 de setembro de 2019

FILMES PREMIADOS EM 2017:

«Mada Underground», de Denis Sneguirev e Philippe Chevallier – prémio reportagem

«Institut Saint Jean – École d’Ingénieur au Cameroun», de Nicholas Church – prémio vídeo curto

«Voluntários na linha do Equador», de Ana Candeias – menção honrosa de reportagem

«Ciao Mamma vado in Africa», de Medici con l’Africa Cuamm – menção honrosa de reportagem

FILMES PREMIADOS EM 2015:

 

 

Anúncios