CONCERTO DE NATAL 2021

Medidas de proteção contra COVID19

Tendo em conta o tipo de evento e as normas em vigor, os assistentes ao concerto terão de

  • usar máscara durante todo o evento e
  • apresentar à entrada: certificado digital de vacinação ou prova de teste serológico negativo feito há menos de 48 horas.

O teste pode ser feito numa farmácia; aconselha-se que seja marcado previamente, dado que a afluência é grande.

Agradecemos a compreensão de todos. Estamos a zelar pela saúde uns dos outros.

PROJETO ESCOLA MACHAMBA para mulheres do Gurué – Moçambique

Em 2021/2022, HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL reunirá fundos para financiar o PROJETO ESCOLA MACHAMBA, no distrito do Gurué, província da Zambézia, situada no centro-norte de Moçambique.

O PROJETO ESCOLA MACHAMBA foi criado para fomentar o empreendedorismo feminino e promover a autossuficiência das famílias, através da disponibilização de recursos agrícolas, nomeadamente mandalas circulares agrícolas, e da formação adequada para que estas mulheres possam cultivar e gerir de forma sustentada a sua mandala, melhorando as condições de vida da sua família.

Numa zona do país onde a subnutrição atinge 53 % das crianças, este projeto permitirá criar uma mandala circular agrícola por família; apoiar a criação de uma capoeira com vista à produção de ovos; integrar novos alimentos na produção das hortas; formar para os cuidados básicos de saúde, a partir de uma alimentação variada e adequada; tornar as famílias autónomas em termos alimentares, com capacidade para criação de um rendimento complementar com a venda dos excedentes; promover o papel da mulher e da família nas comunidades locais.

O PROJETO ESCOLA MACHAMBA (Escola Machamba – ACEAG) está neste momento na sua terceira fase, que consiste na formação das mulheres para a utilização das suas mandalas. O apoio pedido a HARAMBEE INTERNACIONAL para este projeto destina-se a financiar o trabalho de 6 jovens locais, técnicas de agropecuária formadas numa escola missionária da região, que formarão as mulheres ao longo do ano. Cada uma destas extensionistas terá a seu cargo 25 mandalas, prevendo-se que, no final do ano, haja 150 famílias a trabalhar na produção da sua nova mandala.

O valor total dos salários destas 6 mulheres durante 14 meses é de 14.364,00 € (correspondentes a um salário mensal de 171,00 €). HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL compromete-se a angariar 5000,00 €.

AJUDE-NOS A AJUDAR AS MULHERES DO GURUÉ!